Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Fomos furar as orelhas

Só para registar. Hoje a Bá foi comigo, fazer lago que para ela foi um grande ato de coragem. A Bá detesta agulhas ( quem sai aos seus) e no que diz respeito à dor é ainda muito piegas como ela própria assume. Sendo assim furar as orelhas foi um ato de coragem para ela

Ooops não pensei no transporte e ele está zangada comigo

 

Prometi uma bicicleta á Bárbara, já há uns anos que ela andava a pedir, mas eu não tinha possibilidades. Cheguei a sugerir à família que em vez de lhe darem as roupinhas do costume que nunca condizem muito nem com o meu gosto, nem com o dela, (e como mal a conhecem os tamanhos ou só lhe servem dai a dois anos ou raramente lhe servem) que todos contribuíssem para lhe comprar uma bicicleta como fizemos com uma sobrinha minha. Mas já dizia Orson Wells “somos todos iguais só que uns são mais iguais do que outros”. Ignoraram e persistiram naquilo que pedimos, que não persistissem , porque o que interessa é a sensação do dever cumprido, mas interessarem-se um pouco pela miúda e por quem ela é, dá muito trabalho.

 Sendo assim fui sempre esperando uma oportunidade para lhe dar a merecida e prometida bicicleta e achei que este ano poderia fazer.

   Assim caí na asneira de lhe izer que íamos comprá-lo , mas…. Tinha de haver um mas… há sempre o raio de um: mas…. Humpft!

     Mas esqueci-me que não tinha como transportar a dita cuja e almejada bicicleta e agora tenho-a furiosa comigo porque ainda não resolvi isso e ainda não lhe consegui ir buscar a bicicleta.

Arrreeee….

Treze anos! Já és uma teenager oficialmente!

 

Hoje é um dia especial a dobrar. A minha menina deixou de ser pequenina e é oficialmente uma teenager. A partir de hoje sou mãe de uma adolescente. Uma adolescente que cada a dia que passa revela uma faceta diferente da sua personalidade. Está mais vaidosa, mais senhora do seu nariz. O quê filha já passaram 13 anos???!!!!
Desde muito cedo revelaste ter uma personalidade bem definida, revelando bem o que querias. Sempre foste única, sempre estiveste um passo à frente a tua geração. Gostas de ler, de pintar, de fotografar, de escrever e de Pizza. 
Tens um coração de ouro. És a melhor mana do mundo como tu própria disseste quando o Gonçalo nasceu tinha melhor prenda do mundo á espera dele uma mana como tu.

Não vou recordar tudo o que me faz “babar” de orgulho por ti, até porque como adolescente que és me pediste que não te envergonhasse com as recordações de quando tinhas 3 anos, mas olha que não tens que ter vergonha já eras nariz empinado e muito espertalhona.
Falaste aos seis meses e desde aí nunca mais te calaste …, mas és fantástica.
És uma força da Natureza. És brilhante. És minha muito minha e eu amo-te muito filha.
Os baloiços, as bonecas e os brinquedos de criança aos poucos começam a ser as tuas recordações de criança, pois inicias agora uma nova e importante fase da tua vida
Espero que realizes os teus sonhos e por falar em realizar que o teu sonho de realizadora se concretize. E para dar força ao teu sonho. Hoje nós somos as estrelas do dia num cartaz de cinema. Sim, nós! Porque quero que saibas que vou estar sempre ao teu lado e a apoiar-te nos teus sonhos como sempre quis que fizessem comigo e quero que saibas que eu, o teu pai e o teu irmão somos a tua família te amamos muito e temos muito orgulho em ti.

Filha atrapalhada.?

E pronto a miúda anda atrapalhda e nunca mais se decide a escrever. Por isso a mãe vem aqui babar-se que ela ganhou o concurso de leitura o 3º ciclo no seu agrupamento.. Tirou 100% no teste de História e ganhou  o concurso sobre a leitura do livro "O recruta " de Robert Muchamore na sua turma. Queria que fosse ela contar, mas ela nunca amis se decide a escrever....