Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Ela e o irmão

Ela é a mana mais velha. Mas é mais do que isso. É a irmã cúmplice, a protetora.

Ela tem orgulho no irmão e até lhe sinto uma certa admiração por tudo o que o irmão consegue.

Ele às vezes até é maternal no bom e no mau sentido, ralha-lhe ás vezes até demais quando ele faz disparates e eu zango-me, mas no fundo sei que é ela querer protege-lo.  È o mano dela e sei que ela se pudesse faria muito mais por ele.

Às vezes alinha com ele, a esconde-lo de mim quando lhe ralho. Os problemas dele fizeram-na crescer tanto, tornar-se tão senhorinha e gosto tanto de o ver juntos. Tão unidos, tão cúmplices.

É estranho como sem falarem têm um conhecimento tácito um do outro, como ela percebe o que ele quer e como ele a admira tanto.

Espero que assim permaneçam.