Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Follow Friday de Junho

Tenho deixado passar as últimas Follow Fridays porque o final de um ano letivo, é para mim sempre uma época conturbada. Mas desta vez não passo deixar passar.  

   Existem muitos blogs interessantes e apesar da Mami ser sobejamente conhecida neste mundo dos blogs creio que o  seu novo projeto Pinguim Amora, um blog sobre parentalidade, aberto à comunidade blogueira merece destaque não só pelo tema em si ser abrangente, mas pela própria dinâmica do Blog.

JÁ FALARAM DE SEXO COM AS VOSSAS FILHAS/FILHOS???

sexualidade-educacao-em-debate.jpeg    O sexo é ainda um assunto Tabu na nossa sociedade. Quer por força de uma sociedade conservadora submetida aos valores do Estado Novo, quer por força das convicções religiosas que condenam o sexo e cujos dogmas ainda estão profundamente enraizados na nossa sociedade.

   

           Tive a sorte de nesse aspeto ter uma mãe que sempre que lhe perguntei me ter falado abertamente do assunto em causa cada vez que a questionava.

Nos dias de hoje são cada vez mais os casos de jovens que buscam informação e conhecimento nas redes sociais, mas cujos pais se inibem de falar no assunto.

 

           E na era do “Fast -food” da informação era suposto que os nossos jovens tivessem mais consciência de forma a evitar não só uma gravidez indesejáveis como o facto de poderem contrair DST (doenças sexualmente transmissíveis)

 

        De acordo com dados divulgados numa reportagem da SIC Notícias em 2017 a “Maternidade na adolescência em Portugal longe dos mínimos da UE “ sendo  “Portugal é o 12º país a nível europeu com mais mães adolescentes. ... Marcelo Rebelo de Sousa vê com preocupação os dados divulgados ...”

Se eu quiser captar a atenção dos meus alunos falar de Sexo é garantido. Claro está, que de forma pertinente para a aula em questão e de forma adequada à faixa etária.                    

           Apercebo-me que estão cheios de dúvidas e que ultrapassadas as vergonhas iniciais, disfarçadas pelos risinhos de parvoíce característicos da idade, estão sedentos que alguém os esclareça. Abordando o assunto com clareza e naturalidade rapidamente as questões se sobrepõem aos risnhos.

 

Tive um caso de uma aluna adolescente de quem me apercebi que poderia estar grávida.

         Em conversa particular abordei-a frontalmente negou-me e jurou-me a pés juntos que era virgem respondi que isso me não me interessava que queria apenas alertar para uma situação que para ela poderia ser indesejável. No final do ano as minhas suspeitas confirmaram-se.

        Mais tarde, a aluna confidenciou-me que se inibira porque a mãe dela nunca falava desses assuntos com, até da menstruação adquirira conhecimento com as amigas e colegas.

 

    Chegada a fase em que me vejo mãe de uma adolescente, acho pertinente falar com ela do assunto. As reações dela são muitas das vezes de vergonha características da idade.

     E chega a replicar que não é tonta e que não anda ainda interessada em rapazes. E eu acredito. Porém tenho algo, que ela ainda não tem experiência de vida.

       A experiência de vida ensinou-me que por vezes as coisas acontecem quando menos esperamos e que o conhecimento é poder.

 Por isso aos poucos sempre que posso vou abordando o assunto.

 

  E vocês já falaram de Sexo com as vossa filhas ou filhos? E qual foi a vossa experiência com os vossos pais?

 

 (texto de minha autoria direitos reservados. Fotografia retirada da internet comçlink e referência)