Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Suspeitas de apneia do sono e ausência.

Têm sido uns dias complicados em termos de trabalho e não só por isso tenho estado mais ausente

A miúda já se queixava de dores de cabeça há algum tempo. A médica encaminhou-a para a consulta de Otorrinolaringologia. Entretanto quinta feira de manhã vai a levantar-se e queixa-se:

-Mãe tenho a cabeça muito pesada e vejo tudo à volta. 

Mandei-a deitar-se e ficou em casa. Febre e pulsações altas.  Brufen para  a febre e cama para descansar. ( A médica depois disse que as pulsações altas eram normais com febre na idade dela). No dia seguinte continua na mesma.

-Vamos ao médico?

-Não, Não eu amanhã já estou melhor.

No fim de semana a mesma história. Segunda-Feira meti os pés à parede e assim que saí do trabalho fui às Urgências com ela.

No rescaldo da gripe ficou com as vias nasais muito entupidas e, portanto, e uma pontinha de uma otite a querer começar.

 No dia seguinte era a Consulta de Otorrino e aqui confirmei as minhas suspeitas de que ela andava a ouvir mal e já nas urgências a médica tinha dito que ela estava com um pouco líquido. A otorrino disse que era isso que lhe estava a causar as tonturas, juntamente com uma sinusite e com suspeitas de apneia do sono. Assim, ficou consulta marcada para Roncopatia para Março e aguardamos a data do exame de sono em que terá de passar uma noite no Hospital.  Tinha outras coisas em mente para escrever, mas com tudo isto tem-me faltado a paciência. Hoje já foi à escola , até porque ia fazer a apresentação do livro”O Guarda da Praia” e só se preocupava com isso.

Doentinha.

Estou preocupada com a garota. Anda sempre cansada com olheiras. Ontem doía-lhe a cabeça. Pensei que ainda fossem  resquícios da gripe, mas parece que não. Hoje acordou tonta e com cabeça a roda. Ficou de cama. Está sem apetite ( esta é a parte que me preocupa mais, os meus filhos nunca perdem o apetite!). A útima vez que isso aconteceu foi quando esteve internada com uma pneumonia. Precisou que eu a segurasse da casa de banho à cama. Não quis ir ao Hospital, mas a continuar assim....vai ter que ser!

A criativiadade da garota...

Tenho andado com problemas no carro e como o Gonçalo é difícil de segurar em certas circunstâncias, pedi à Bá que fosse comigo buscar o irmão para me ajudar, se fosse necessário. (E ainda bem que o fiz que tive mesmo que ficar parada numa bomba de serviço). Antes de sairmos pergunta-me ela:

- O carro pode explodir mãe? É que amanhã tenho a apresentação do meu trabalho de Português e não quero ir em pedacinhos apresentá-lo.

-Virá para lá essa boca miúda.

Bem. Até agora estamos inteiras e esperamos continuar…

A Lista da Bá

Este ano antes do Natal a Bá entregou-me um rolinho de papel e disse que era a única coisa que queria para o Natal. Quando abri a lista esta era apenas composta de Livros:

“Os livros que Devoraram o meu pai  Cruz, Afonso

“O Guarda da Praia”   Gonzalez, Maria Teresa Maia

“Fadas do Mundo” Ramirez, Alejandra

“O Aprendiz de Guerreiro - Reino de Petzet” Fonseca Santos,  Margarida

Já os leu todos. E eu acompanhei-a. Só me falta ler o mundo das fadas que parece bastante interessante. O primeiro encontrámos na Fnac, mas os restantes só conseguimos no site da Wook e estamos bastante satisfeitas.

Que acharam da lista?

Para nós hoje é Natal outra vez

A trinta de Janeiro de 2009 há dez anos atrás a Babá fazia-me este pedido

BáeGonçalo1.jpg

saíu-lhe um mano.Bá com o amno ao colo pela primeira vez.

 

 Ainda há bem pouco tempo revelei que as festividades natalícias só terminavam de pois de 19 de janeiro. É que hoje celebramos também um nascimento importante para nós. Há sete anos, nasceu o nosso menino, o nosso príncipe, o nosso anjo azul.  E há sete anos nem sonhávamos, mas ele nasceu com a missão especial de nos ensinar a ser cada vez mais feliz com pouco e a dar valor ás pequenas conquistas e aos que temos ao nosso lado. E foi ele que me ensinou que a minha filha era ainda um ser humano mais maravilhoso do que eu pensava. Hoje o nosso príncipe está de Parabéns, faz sete aninhos e àqueles que ainda não conhecerem e quiserem saber porque o nosso príncipe é um guerreiro e um anjo azul e também os que já conhecema ler o post que lhe dediquei pelos seus sete anos aqui pelas 18h18. Parabéns Príncipe Guerreiro Gonçalo.
Por aqui, hoje é Natal outra vez, nasceu um menino especial

Pág. 1/3