Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

MAIS UMAS DAS NOSSAS CONVERSAS À MESA

 

Tínhamos acabado de almoçar e decidimos as duas ficar a desenhar um pouco, como fazíamos quando ela era mais pequena, infelizmente o Gonçalo fugiu senão até podia querer desenhar  também.

Enquanto desenhávamos, íamos conversando e a propósito de um comentário que tinha feito num blog, comecei a brincar com ela:

-Como sabes já fui o Leonardo da Vinci numa reencarnação anterior.

Ela riu-se.

Eu continuo:

- E numa outra reencarnação fui a Cleópatra.

Ela responde logo:

- Não podes ter sido a Cleópatra.

-Claro que posso filha, estou só a brincar.

Ela insiste com um ar muito sério, sem levantar os olhos do seu desenho.

-Não, não podes.

-Então porquê? -Pergunto eu.

-Porque eu é que era a Cleópatra - responde-me ela com um sorriso triunfal.

E eu:

-Faz sentido. Assim já sei de onde vem esse belo Nariz.