Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

A não repetir…

Querem um conselho? Não sei se querem, mas vou dar. Evitem  tentar explicar a uma jovem que entrou na adolescência  a associação de um símbolo fálico  aos Menires.

 

  Depois de lhe explicar que eram um símbolo de fertilidade e que significavam a renovação da vida, ela sai-se com esta pérola:

- Então quer dizer que fizer uma forma fálica para um morto, ele volta à vida?

 

Acabou comigo entre o riso e as lágrimas a dizer para o pai:

- Lembra-me de nunca a deixar ir a nenhum funeral, que ela é perigosa !!!!

 E não filha não é bem isso!

P.S- Esta foi mais uma “cena” deste jantar

 

Ok somos doidinhos mas felizes

4 comentários

Comentar post