Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

ELA!!!!!

 Ela acha que é feia, eu acho-a linda.

 Ela acha que não é muito inteligente, eu acho-a brilhante.

Ela ficou triste porque tinha tirado dois níveis três, eu fiquei feliz porque ela concluiu mais um ano escolar com sucesso.

 

Ela acha que não sabe desenhar, eu queria desenhar como ela desenha os 14 anos.

Ela acha que o escreve nunca está bem.  Eu acho que ela tem uma criatividade fantástica.

Ela não se acha interessante, tem mil interesses e é uma miúda muito gira.

Ela acha que todos são melhores do que ela. São mais bonitos, mais inteligentes e fazem tudo melhor do que ela. Eu acho que não e digo-lhe isso e que não tem de ser melhor do que ninguém, tem de  ser ela e dar valor ao que faz e a quem ela é como é.

 Ela é pouco vaidosa, eu gostava que ela fosse um pouco mais

 Ela teimou comigo dias sem fim, até à manhã do primeiro dia de ensaios que não era suficientemente boa para ir tocar o Violoncelo no concerto da orquestra escolar e aqu,i eu teimei que se a tinham chamado é porque ela era capaz, e ela foi!!!

 

Ela achava que não era capaz de ganhar a final de Tiro com arco, eu achava que sim e ela ganhou!

 Ela é a melhor irmã do mundo e o irmão adora-a. Aqui não discordamos.

Ela é como é, e normalmente respeito e deixo-a ser quem é, mesmo que eu odeie que ela adore andar de botas no Verão. Mas às vezes, ela menospreza-se e eu da maneira que sei digo-lhe que está errada e que eu acredito nela.

Digo-lhe que não tem de ganhar de sempre, que não tem de ter jeito para tudo, que não tem de ser sempre a escolhida, que não tem de ser melhor que ninguém que só tem que ser a melhor versão de si própria e essa é a versão em que ela é Feliz.

Ela escreve bem, ela desenha bem, ela tira boas notas, ela toca o suficiente para ter estado presente no concerto Orquestra escolar. Ela é campeã Nacional de tiro com arco em sala e em campo e claro tudo isso me deixa feliz e com orgulho, mas isso não me diz nada se ela for infeliz, nem é o que me realiza como mãe.

 O que me realiza como mãe é quando lhe pergunto se ela é Feliz e ela me responde que sim com um sorriso nos lábios, porque aí tenho a certeza de que fiz um bom trabalho: A minha filha é uma adolescente Feliz!!! E no que me diz respeito farei tudo para que assim permaneça.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Alfa 06.08.2019

    Isso dava um excelente post. Publica lá isso. Amo-te Bá.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.