Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Furar as orelhas

Há uns tempos atrás as pessoas ficavam muito surpreendidas por descobrirem que eu ainda não tinha furado as orelhas,tanto que as minhas primas me ofereceram de aniversário um par brincos sendo que eu não tinha as orelhas furadas.Eu não tinha as orelhas furadas porque eu tinha medo de as furar até que me enchi de coragem fui furar as orelhas.Antes de as furar obrigaram-me a escolher um par de agulhas com algo espetado na ponta , aí eu escolhi um que tinha algo que parecia uma borboleta brilhante, só que haviam 3 uma rosa, uma verde e uma branca, eu escolhi a branca mas era a única que não havia então a minha mãe indicou-me umas borboletas douradas que acabei por escolher.No momento de as furar pareceu mais uma tortura a farmaceutica apontou duas pistolas para as minhas orelhas e disparou fazendo com que as minhas orelhas ficassem vermelhas, a arder e com uma borboleta na ponta.Agora tenho que esperar um mês para tirá-las.

                                                      FIM

2 comentários

Comentar post