Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

Crónicas de uma filha Atrapalhada

Lembram-se da pequena Bá do blog "Crónicas de uma mãe atrapalhada." Pois,ela cresceu! E agora exigiu que existisse também a sua versão de filha num blog a quatro mãos.

O MAIL QUE A MINHA FILHA ME ENVIOU.

Estávamos a aguardar a médica quando, ela me diz:

-Mãe, mandei-te um mail.

Respondi:

-Está bem. Quando chegarmos a casa, eu vejo.

 Pensei que fosse algum texto, que, ela quisesse que eu fizesse a revisão. E não pensei mais no assunto, a não ser quando cheguei a casa.

 E quando abri o mail fiquei com um grande sorriso, soltei algumas gargalhadas e o sentimento foi de gratidão.

Não, não vou aderir ao diário da gratidão, porque já tinha decidido fazer o pote da gratidão que acho muito mais espontâneo e menos forçado, mas hoje estou grata por ter recebido esta mensagem espontânea, porque não é Natal, nem o meu aniversário, nem o dia da mãe, ainda soube melhor. E depois de verem o que ela enviou, digam-me  como seria a vossa reação.

 

8 comentários

Comentar post